Segunda-Feira, 28 de julho de 2014
13.09.11 - BRASIL
Semana estadual aborda Exploração Sexual e o Tráfico de Mulheres e Crianças
A- A+

Jeane Freitas *

Adital -
No intuito de conhecer melhor a realidade sobre o tráfico de pessoas e do trabalho escravo, o Núcleo Estadual de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas no Ceará e a Rede Um grito pela Vida realizarão a 1ª Semana de Mobilização pelo Dia Internacional contra a Exploração Sexual e o Tráfico de Mulheres e Crianças que acontecerá entre os dias 19 e 23 de setembro na capital cearense, na região Nordeste do Brasil. Durante uma semana os organizadores estarão em diferentes pontos da capital para sensibilizar a população e poder público sobre a gravidade e importância desse fenômeno, além de levantar propostas para a construção do II Plano Nacional de Enfrentamento ao tráfico de pessoas.

A criação do plano é de iniciativa do Ministério da Justiça que iniciou desde o dia 1º de agosto um processo de participação social para a elaboração do Plano Nacional. Qualquer cidadão/ã brasileiro/a poderá participar enviando suas propostas até o dia 15 de setembro por meio dolink: http://portal.mj.gov.br/debate/.

No Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza (CE) onde há um Posto Avançado de Atendimento Humanizado ao Migrante está disponível um notebook onde as pessoas poderão incluir suas sugestões.

Segundo Andréia da Silva Costa, coordenadora estadual do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Estado do Ceará, a semana será uma oportunidade para divulgação dessa problemática. "Esse fenômeno é uma questão séria e a população precisa conhecer para esclarecer e se informar para se prevenir", disse.

A programação da semana contará com a realização de uma mesa redonda no dia 19 no auditório da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus). No dia 20, no Centro Cultural Bom Jardim, haverá uma plenária livre para discussão de propostas para o II Plano Nacional de Enfrentamento ao tráfico de pessoas e distribuição de material informativo no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

A programação segue com a exibição do filme "Para sempre Lili" no dia 21, no Centro Cultural Dragão do Mar. No dia 22 será realizada a 1ª reunião do Comitê Estadual de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Ceará na Sejus. No dia 23, Dia Internacional Contra a Exploração Sexual e o Tráfico de Mulheres e Crianças, será realizada uma blitz na Avenida Beira Mar em frente ao Náutico Atlético Cearense, com distribuição de material sobre o assunto.

Formação

Como parte do processo de mobilização e formação das pessoas, recentemente a Rede Um Grito pela Vida realizou o II Curso de Formação com multiplicadores para a prevenção ao tráfico de pessoas. Os resultados da formação irão compor a construção do II Plano Nacional.

Para Irmã Gabriela Bottani, da articulação nacional da rede Um Grito pela Vida, esse é um crime que precisa ser amplamente divulgado. "Queremos que as pessoas, e também o poder público, tomem conhecimento sobre suas causas e conseqüências, somente dessa forma o problema sairá da invisibilidade", argumentou.

Dentre as propostas para o Plano Nacional estão: Sensibilização da sociedade sobre a realidade do tráfico de pessoas (TP) por meio de campanhas publicitárias e narrativas de vida; Implementação e ampliação de instrumentos públicos e privados capazes de proporcionar apoio e proteção às vítimas: mulheres, crianças, travestis e homossexuais, em todo o território brasileiro; Informação à sociedade sobre as ferramentas disponibilizadas pelo Direito para promover os direitos das vítimas e responsabilizar os criminosos; Criação de estratégias específicas voltadas ao empoderamento e à autonomia financeira das vítimas do tráfico de pessoas, dentre outras.

Mais informações acessar link do Ministério da Justiça: http://portal.mj.gov.br/data/Pages/MJA21B014BPTBRNN.htm



*

Jornalista na Cáritas Regional Ceará







Veja mais:





Créditos